Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



“Desculpem. Se o trotskista Francisco Louçã foi nomeado para o Conselho Consultivo do Banco de Portugal eu exijo ser duplamente nomeado para a Comissão Política do Bloco de Esquerda e para o Comité Central do PCP”:

Palavras do dito cujo ressabiado.

Que provocaram esta reacção de um pide ressabiado.

 " tem desde já o meu voto, caro autor. Precisamos de fugas de informação sobre o que se passa nesses lugares, agora que o oportunismo descarado de Costa os trouxe para o poder" 

Relembremos agora como estes individuos funcionavam nos finais dos anos 60 principios de 70 : 

Em tempos idos de amplas liberdades como todos sabemos, o Pide Sarmento de seu nome verdadeiro L.C.V., infiltrou-se no PCP e era o encarregado do transporte do já falecido membro do PCP Otávio Pato.
Podemos imaginar os relatórios enviados por este solicitador, e correspondente bancário numa cidade próxima de Lisboa.

Deviam reportar-se ao desejo deste comentador.

Nojentos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:16

As aventuras de Louçã no Banco de Portugal

Era uma missiva mais ou menos como esta croniqueta, que antes do vinte de cinco de Abril de 1074 alguém que tinha inveja do vizinho, enviava para a policia política do regime na esperança que o mesmo fosse impedido de ter uma carreira, alegadamente pela sua forma de pensar a política ser contra os interesses do regime e mais gravoso estar a tirar o lugar a alguém alinhado e fiel servidor do ditador. Normalmente o visado acabava sem emprego e algumas vezes nas cadeias do regime. Aos informadores depois da queda de um regime tão infame nada lhes aconteceu, continuam por ai muitas vezes não conseguindo reprimir as suas intenções. Felizmente o tempo destas pessoas acabou e os seus intentos são estéreis.

 

Simplesmente nojento, 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:14


Coitado do Passos, a sentir-se acuado .

por jojoratazana, em 23.02.17

Passos acusa Costa de ter atitude “reles e ordinária”

Atitude reles e ordinária foi aquela que este meliante revelou ao longo do tempo em que foi primeiro ministro. A começar com o embuste do programa de governo, com que se apresentou ao eleitorado nas eleições de 2011.

 

O que espero desta comissão CPI sobre os offshores, que investigue os 29 mil milhões de euros que entre 2010 e 2015, ressalvando aquilo que preocupa muitos dos comentadores deste fórum, sabemos que o dinheiro é dos legítimos proprietários que o ganharam honestamente, mas pagaram todos os impostos devidos para efectuar estas transferências? 

Quantas destas pessoas que efectuaram estas transferências, estão na lista dos que tem dividas, que constam no crédito mal parado.
É uma exigência que não pode ser escamoteada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:28

Fisco deixou sair 10.000 milhões para offshoressem vigiar transferências

Estava a entrar dinheiro fresco do resgate, é natural que a oligarquia cleptocrata, se aproveitasse do mesmo como sempre fizera, usado dos serviços dos seus empregados.

Dinheiro transferido para paraísos fiscais mais do que duplicou em 2015

2015 tinha de ser o ano do forrobodó, já que tinham a noção que corriam o risco de perder as rédeas do poder que dominaram de 1983, habituados como estavam a dispor as suas peças conforme lhes dava mais jeito, carreando todos os apoios possíveis para que no lugar certo estivesse o empregado com o emblema partidário que lhes dava mais jeito. Foi assim que em 2006 Sócrates é escolhido, sabendo de antemão que o presidente iria ser Cavaco. Conforme estava no projecto. Esperemos que esses tempos já tenham acabado e que os que lesaram economicamente o país, sejam julgados e condenados por todos os seus crimes.

The Lisbon Papers

Querem apostar que vai ser quase impossível, formar uma CPI para investigar em pormenor estes crimes. Os verdadeiros portugueses minimamente informados dos meandros da política portuguesa, entre os anos de 1983 até 2015, com uma tentativa de acabar com isto mas que se revelou infrutífera. no mandato de António Guterres.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:46

Acabar com a democracia por SMS

 

Confesso desconhecia os escritos do cronista.Mas como era tão idolatrado pelos liberais de pacotilha, tive curiosidade em contactar com semelhante sumidade.Foi uma desilusão total : " Desde o momento em que o dr. Costa derrubou o tal muro e abriu o regime à barbárie leninista que a nossa democracia prometia pouco. "  constato que afinal não passa de mais um comunofóbico inconsolável. 
Tenho pena do senhor, pelo que sofre por estes tempos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:58

 

Revelações de Cavaco: a “‘tenebrosa’ máquina de propaganda do PS” e o caso das escutas

 

Ainda não é desta que ele conta a (estória) das escutas ao palácio de Belém,
nem o negócio das acções do BPN, a mais valia do negócio da quinta da Coelha, não vai explicar como nascendo no Poço de Boliqueime, agora ostenta que é natural da Fonte de Boliqueime.
E outra coisa que ele não vai explicar, mas que lhe estou muito agradecido, para o filho do Sr. não cumprir serviço militar obrigatório, no ano em que teria de cumprir o mesmo o SMO ficou suspenso, o que fez com que o meu filho mais velho também o não tenha cumprido.
Como ele não tinha nenhum filho mais novo, o meu mais novo lixou-se lá foi cumprir o SMO.
Estava ansioso para ir comprar o livro, mas como ele nada diz sobre os assuntos que interessam, os amigos que os comprem tal como os amigos de Sócrates também fizeram. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:44


E agora o que resta aos PSD/CDS

por jojoratazana, em 16.02.17

Descontente com a oposição, Marcelo quer dar por terminada a polémica com Centeno

Senhor presidente não pode encerrar o capitulo SMS assim.
E agora qual vai ser o assunto de interesse que os pafiosos, vão arrastar.
Já sei as mentiras da Marilú, quando garantiu ao Gomes Ferreira na Sic que o PIB de 2016 nunca conseguiria ficar abaixo dos 3%, mentirosa aldrabona e foi esta coisa Ministra das Finanças do tal de Massamá.

http://geringonca.com/2016/12/26/o-defice-certo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:48

 

Num SMS, ministro diz que Marcelo se opunha à isenção de entrega das declarações de património

 

É agora que o PSD vai ter conhecimento das celebres SMS, trocadas entre o Domingues e o ministro Centeno.
Afinal o PSD tinha ganho tempo se tivesse pedido o conteúdo das mesmas, ao Observador ou ao Correio da Manhã e o Público confirma.
Pura incompetência do PSD e do CDS que foram ultrapassados, pelos órgãos de comunicação social.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:34


Observador, mais um na linha do jornalixo.

por jojoratazana, em 14.02.17

" Marcelo. Centeno não cai por “estrito interesse nacional”

Mais uma manipulação grosseira do comunicado da Presidência da Republica.

É vergonhoso o comportamento deste jornalixo que tomou conta de Portugal.

Esperemos que a ERC tome um rápida posição, sobre esta falta de vergonha que enxovalha toda a verdade, nas mãos desta canalha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:49


O Jornal Publico, está ao serviço de quem?

por jojoratazana, em 14.02.17

 

Presidente da República recebeu Ministro das Finanças

O Presidente da República recebeu, a pedido do Senhor Primeiro-ministro, o Senhor Ministro das Finanças que lhe deu conhecimento prévio da comunicação que iria fazer ao País.

O Presidente da República:

1.º – Registou as explicações dadas pelo Senhor Ministro das Finanças, bem como a decorrente disponibilidade para cessar as suas funções, manifestada ao Senhor Primeiro-ministro.

2.º – Tomou devida nota, em particular, da confirmação da posição do Governo quanto ao facto de a alteração do Estatuto do Gestor Público não revogar nem alterar o diploma de 1983, que impunha e impõe o dever de entrega de declarações de rendimento e património ao Tribunal Constitucional.

Posição essa, desde sempre, perfilhada pelo Presidente da República – aliás, como óbvio pressuposto do seu ato de promulgação – e expressamente acolhida pelo Tribunal Constitucional.

3.º – Reteve, ainda, a admissão, pelo Senhor Ministro das Finanças, de eventual erro de perceção mútuo na transmissão das suas posições.

4.º – Reafirmou que a interpretação autêntica das posições do Presidente da República só ao próprio compete.

5.º – Ouvido o Senhor Primeiro-ministro, que lhe comunicou manter a sua confiança no Senhor Professor Doutor Mário Centeno, aceitou tal posição, atendendo ao estrito interesse nacional, em termos de estabilidade financeira.

Palácio de Belém, 13 de fevereiro de 2017

 

Este comunicado do P.R. é apresentado pelo Jornal Público da seguinte forma:

 

Presidente aceita manutenção de Centeno “por estrito interesse nacional”

A forma como se manipula o comunicado do Presidente da Republica, é vergonhosa e transforma este tipo de jornalismo num caso de policia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:36

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Twingly

Twingly BlogRank

Site Meter


Geovisite


análise web site

Histats